DJs

DJ Heliobranco

- Desde 1985 atua no movimento hip hop em seu início no metrô São Bento - SP;
- Produtor e membro do grupo de rap “Radicais do Peso”, lançando um single em 1991 e um álbum em 1992;
- DJ de b-boys battles, com destaque a “BATALHA FINAL” em 4 edições;
- Produtor musical da companhia de dança PESOZERO Crew;
- Produtor musical da crew de b-boys “TSUNAMI ALL STARS”, vencedor do “BOTY Brazil 2008”;
- DJ oficial da turnê do artista americano de hip-hop “T La Rock” no Brasil;
- Organizador e DJ residente da “Rockmaster Party” de 2007 a 2012;
- Produtor musical e executivo do álbum que reuniu os maiores nomes do hip-hop brasileiro, o “SP Hip-hop All Stars” – Geração Rap, Doctor MC´s, Sampa Crew, MC Jack, entre outros em 2012;
- Produziu e lançou a musica “Namixx” em parceria com o artista americano “T La Rock” pela gravadora CBR Electro Underground volume 2, na Europa;
- Produziu e lançou a musica “Subway” em parceria com o artista americano “T BOYZ DL” e com o brasileiro “DJ Tom Oliver” pela gravadora CBR Electro Underground volume 4, na Europa;
- Organizador e DJ residente do “Original 83” em São Paulo, evento que reúne os ícones do hip-hop brasileiro em parceria com a Matilha Cultural;
- Um dos criadores do projeto “Brazilian Bass Connection” em parceria com DJ Tom Oliver (Detonautas) do Rio de Janeiro, onde busca resgatar a cena do “Electro Funk” no cenário nacional com produções do projeto e performances públicas no Brasil, Europa e Estados Unidos. Lançou o álbum do artista americando “Cuzzin´Crook” e a parceria com um dos ícones da cena “Miami Bass” Iceman J aka Megajon Bass.

Participou do GRUPO DE RAP – RADICAIS DO PESO – 1991 / 1992
Foi DJ DA BATALHA FINAL – CAMPEONATO DE BBOYS
2003 A 2006
Foi tambem PRODUTOR MUSICAL COMPANHIA PESOZERO TV GAZETA, PRODUTOR MUSICAL DA CREW DE BBOYS TSUNAMI ALL STARS – CAMPEÃ BOTY BRASIL 2008, ORGANIZADOR E DJ RESIDENTE – ROCKMASTER PARTY 2007 A 2012
DJ HELIOBRANCO APRESENTA O CD – SP HIP HOP ALL STARS em PARCERIA COM LENDÁRIO RAPPER DO BRONX - NYC T LA ROCK (1º ARTISTA DA GRAVADORA DEF JAM)
PRODUZIU E LANÇOU O SINGLE EM VINIL (DJ HELIOBRANCO, DJ TOM OLIVER & T BOYZ DL)
FOI O ORGANIZADOR E DJ RESIDENTE ORIGINAL 83
EM PARCERIA COM MATILHA CULTURAL ( 2013)

OUTROS TRABALHOS

- DJ DE B-BOY BATTLE – PAVUNA- RIO DE JANEIRO
- DJ DA FESTA DE LANÇAMENTO DO DOCUMENTARIO
“THE BASS THAT ATE MIAMI” – ROCINHA – RIO DE JANEIRO

- BLOG COM POSTAGENS SOBRE A CULTURA HIP HOP www.djheliobranconamix.blogspot.com

DJ Bianco Proeminent

O ano de 1987, foi o pontapé inicial para BIANCO tornar-se um DJ/Producer.

Passou por vários Clubs em SP, dentre os mais conhecidos, fez residência em:

Duboiê Bar (São Caetano do Sul)
Darco's (Santo André)
Deck (Ilha Bela)
Recanto (Guarulhos)
Mansão Fender (São Matheus)
Woodstock (Jardins)
Aeroanta (Vila Madalena)

Suas influências musicais partem dos grandes hits dos anos 60 a 90, avançando para as músicas eletrônicas do novo milênio.

Suas principais referências de DJ/Producer foram:

Larry Levan
Frankie Knuckles
David Morales
Todd Terry
Dynamic Duo
Latin Rascals

DJ Diego Franchi

Tudo começou com o meu pai, que frequentava bailes na década de 80 na região do Grande ABC Paulista, como: Buso Palace, Sunshine, Club House e entre outros, sempre me incentivando desde de pequeno a boa Música.

Comecei ouvindo, aos meus 5 anos de idade, Earth Wind & Fire, Kool And The Gang, KC And Sunshine Band e entre muitos outros grupos.

O Tempo foi passando e eu comecei a aprimorar o meu conhecimento músical, até que aos meus 14 anos optei por conhecer e aprender a cultura DJing.

Nessa caminhada, conheci vários DJ's, mas o principal, que sempre me apoiou, me ensinou e até hoje me ensina as técnicas, é o DJ Balegatzzo.

Atualmente focado em trabalhar e resgatar a cultura da boa música, Diego Franchi atua nos segmentos da Disco, Funky, Soul, R&B & House Music.

De 2009 até os dias atuais, fui convidado a participar de programações de rádio web, projetos culturais e programas de rádio FM como: FlashRadio, Rádio BWR, Rádio Retromix, Mr.Groove Radio, Pool Web Radio (Back Flash by Alex Hunt & Energy Pop By Ricardo Costa), True School Brasil, Rota 91 - Educadora FM 91,7 Mhz, Flashback Sensation - Definitiva FM 90.5 MHz - Chile, Virada Cultural da Cidade de São Paulo - 2013 (Palco Black - Equipe True School ).

Agradeço à todos os DJ's e amigos que sempre me apoiam nessa jornada.

Good Vibes !

DJ Fabbio Guia

Fabio Guia , começou a discotecar em 1983 , logo após fazer um curso de sonoplastia com Sergio Tastaldi em cinema

Entrou pro circuito underground onde passou por decks no Rose Bom Bom , Any 44, Woodstock , Victoria Pub entre outros , fez carreira pela Europa e USA , passou pela House , Acid House e se dedicou ao movimento house music sem destinguir classificações em estilos .

Tocou em casas de SP e Sul do pais , como Dancing , Donna , Limelight , Caos , QG entre outras nos anos 80, 90 e 2000,

Atualmemte dedica se a festivais e faz privates parties , tbm dedica um tempo de sua vida a produções com amigos .

DJ Grego ( 1956 - 2010 )

“ Mans !!!! ” Consigo ouvir seu bordão mais famoso direitinho, como se ele estivesse aqui do lado. Mas o DJ Grego não está, nem estará mais do lado de ninguém nesse mundo. Ele faleceu na tarde desta quinta (16), no seu apartamento em São Paulo, de causas aparentemente relacionadas a uma úlcera que ele nunca tratou. Tinha 54 anos e deixou dois filhos.
Que 2010 é esse, que nos tirou Ricardo Guedes e Lula e agora leva o Grego embora!
Difícil, ainda mais nesse momento, sufocado pela tristeza, resumir em palavras porque o Grego era tão especial.
Como amigo, ele, que nasceu mesmo na Grécia, batizado Ippocratis Bournelis, era generoso, leal, divertido, apaixonado, carinhoso, carismático, gentil, falador, festeiro e barulhento (apropriadamente, só escrevia com o CapsLock ligado).
Como DJ era simplesmente um dos melhores e mais importantes que já passou por esta terra. O Grego começou a tocar na largada dos anos 70. Foi por acaso, que era como rolava nesse tempo em que “DJ” e “carreira profissional” nunca estavam na mesma frase.
Logo, ficou evidente que ele tinha jeito pra coisa. O amor pela música já existia no sangue, claro, mas foi na discotecagem que ele encontrou o veículo perfeito para expressar esse sentimento.
E se tornou um dos melhores, senão o melhor do país. Tocou nas principais casas de São Paulo nos anos 70. Lançou um dos primeiros vinis mixados do país. Se chamava Maestro Mecânico e trazia umas dez faixas (metade de cada lado) sem interrupções. Na contracapa, fotos dele novinho (nem 20 anos tinha) no seu habitat natural: a cabine de som, que naquela época, significava um paredão com luzes, gravador de rolo e móvel de aço escovado.
Se nos anos 70, Grego virou rei em São Paulo, nos anos 80 seu reinado se estendeu pelo Brasil. Fazendo a transição, naquele tempo ainda rara, da cabine para o estúdio, Grego abraçou a arte da edição e do remix. Não era para os fracos: em tempos onde não existia software, os trabalhos eram fruto de pacientes horas e horas cortando e emendando pedaços de fita com gilete e fita adesiva. Logo, também passou a usar acessórios como bateria eletrônica e synths.
Seus edits viraram uma série de vinis chamados Montagens Exclusivas. Rapidamente, ele virou O cara no Brasil para reconfigurar músicas para a pista de dança.
Choveram trabalhos de remix para artistas como Kid Abelha, Metrô, Leo, Jamie e Gilberto Gil. Seu trabalho mais famoso foi para “Loiras Geladas”, do RPM. A música foi talvez o maior hit brasileiro de 1985, não o original, mas o remix do Grego.
Depois desse pico de produção e criatividade, os anos 90 viram Grego envolvido mais com trabalho ligado ao business musical. Ele morou em Miami um tempo e ficou de fora dos novos desdobramentos da música eletrônica por um tempinho.
Na década seguinte, o nome do DJ Grego correu risco de ficar esquecido na mal contada história da dance music no país, lembrado só pelo pessoal que estava no meio há mais tempo. Clau Assef, com seu livro Todo DJ Já Sambou, contribuiu muito para que o nome do DJ Grego fosse resgatado e apresentado às novas gerações.
Nos últimos anos, seu gás criativo parecia renovado. Inventou projetos musicais, gravou faixas e remixes (quase sempre ao lado do jovem parceiro Anthony Garcia), começou a tocar mais por aí e montou um programa de TV online filmando DJs que iam tocar na sua casa. Sempre com tesão, sempre com entusiasmo.
Casa essa que vivia cheia de gente, de parceiros das antigas a aspirantes que iam lá em busca de aprendizado e inspiração. Ao contrário de muitos de seus contemporâneos, sempre resmungando sobre a cena atual, Grego curtia se conectar às gerações mais novas e ficar por dentro do que rolava. Ao mesmo tempo, sempre preocupado em manter viva a história e os fundamentos da cultura do DJ, da noite e da pista de dança.
Mans, a saudade que você vai deixar não tem tamanho. Mas tenha certeza que, pra todo mundo que tem amor por tudo isso que você ajudou a criar, você vai estar sempre por perto.

DJ Gringo


Comeco dos anos 70, nos fins de semana pois durante a semana trabalhava em um escritorio de contabilidade ,eu começei a tocar em equipes de som pois anteriormente tocava em aniversarios e festas de garagem as equipes eram dos bairros Saude,Ipiranga e Agua Funda em SP, sedes do Aliperti e sede da Agua Funda, com as equipes Soul Brothers, Coqueluxe, Watergate que mais tarde fez parte da Company Soul com as equipes Zimbabwe, Black Mad,Funk, Soul Train, Soul Manite, The Brothers of Soul e a Watergate na qual eu participava. Realizamos grandes festas com a Company Soul em quadras de samba no Sindicato dos Sapateiros mais a maior de todas foi na Associaçao Atletica São Paulo, apos esta fase, ja estava trabalhando durate a semana em loja de discos e equipamentos, nos fins de semana fui convidado a intregar a Equipe Tranza Negra , que realizava as festas todas Sextas-Feiras no Sindicato dos Aeroviarios, em frente ao Aeroporto de Congonhas, e aos Sabados no G.R.Astro na Av.Cupeçe,aos Sabados no Lar Croatia na Conçeiçao-Jabaquara, Domigo Maringa Danças na Vila Guarani Conçeiçao Jabaquara , Sabado Escola de Pilotagem em frente ao Autrodomo de Interlagos, Domingo G.R.Arco-Iris na Av.Interlagos, fizemos varias festas fora da capital de Sao Paulo, cidades como Campinas, Araraqrara, Sao Carlos, Tiete, nos Estados de Minas Gerais, Bahia, tudo com Equipe Tranza Negra durante o periodo dos anos 70 , 80 e 90 , apos esta fase, começei a tocar para varias equipes e convidado a tocar as sextas-feiras no Green-Express no qual estou ate apresente data, aos sabados no periodo de 2004 a 2011 toquei no Teatro Mars uma casa na Bela Vista, tematica que fazia o som com varias bandas e cantores e o som mecanico era comandado por mim no qual eu discotecava com ritimos de MPB, Groove e Samba-Rock.

DJ Julião

Na cena de São Paulo, quando se fala no nome do DJ Julião a reação mistura respeito, admiração e carinho. Lembra pista cheia e animada, com a fileira da frente sorrindo e vibrando junto com o DJ. Não é pra menos: seu trabalho mistura repertório, carisma, técnica e inovação de maneira única. Julião, para começar, faz parte do seleto clube daqueles que "estavam lá". Quando a música eletrônica no Brasil não era mais que o passatempo de algumas centenas de obstinados, o jeito Julião de ser e tocar começou a marcar presença

O DJ já tocava há alguns anos em festinhas e frequentava os bons espaços underground da cidade. O ano era 1993 e Julião, ao lado de outro iniciante, um tal DJ Marky, encarou a missão de introduzir música eletrônica underground para seu público na sua histórica residência na Lendaria Sound Factory, na Penha. Assim, Julião foi o primeiro a introduzir o drum'n'bass nas pistas daqui, estilo que se hoje e quase pop na época era alienígena como as luas de Júpiter.

Julião permaneceu na Sound Factory até 1997, onde tocou ao lado de nomes como Little Louie Vega, Erick Morillo, Laurent Garnier, Josh Wink, Altern 8, Godfather, Disco D, Mark Archer (ALTERN 8), Anthony Rotter, Trentemöller Mark Moore aka S-Xpress, Joint Skrufff, Dj Hell, Miss Djaxx, Julian Liberator, Porn Bugs, Jerome Hill e Armand Van Helden.
De lá para cá muita coisa aconteceu: três CDs mixados ("Essential Trip" volumes 1 e 2; e "Toco Underground Hits", mixado junto com Marky), várias experiências no rádio e sets e mais sets de música boa e imprevisível, incluindo residências no Hell's Club e n'A Loca.

Depois de ter deixado de lado o drum'n'bass, Julião caiu com tudo no techno, através de diversas vertentes como Chicago, Detroit, hard e wonky, além de focar no electro de qualidade. Sempre com um olho na inovação e outro na pista cheia (aquele equilíbrio entre agradar a si e ao público que faz um DJ ser realmente bom), Julião conquistou fãs em todos os segmentos da cena sem nunca cair no comercial ou nos hits fáceis. Há alguns anos, iniciou o Insomnia, um dos melhores after hours da América Latina, indo do sábado sete da manhã até sete da noite ou mais.

Em 2003, Julião se lançou na produção musical com o projeto Evil2 , em parceria com Marcelo LK, que faz parte da coletânea Amp MTV Electro Breaks, lançada pela gravadora Segundo Mundo. Em suas apresentações ao vivo, Julião canta em cima das bases soltadas por Marcelo LK. E graças a esse trabalho contínuo no underground, existe hoje toda uma geração de novos DJs que aprendeu tudo com o professor Julião. Clubes e festas onde já tocou: Susi In Transe, Lov.e, A Loca, Vegas, Tostex,Circuito, D'Edge, Hell's Club, Manga Rosa, Supperclub, Bunker 94, Nova (RJ), Sound Factory, Espaço Nation, Toco, Overnight, Rhapsody, Massivo, Fundição Progresso, Ampgalaxy, Exxex, Tostex, Dama de Ferro (RJ), Floor (Cuiabá), Rave H2O (Arujabel), Technoroute etc...
Clubs onde é residente de noites fixas : GROOV'in @ A Loca

DJ Marky

Marky é considerado um dos maiores DJs do planeta. Cidadão do mundo, mantém residência em São Paulo, capital brasileira da música eletrônica.

Marky começou a escrever sua história na década de 80 e no início dos anos 90 já era um fenômeno na arte de mixar e entreter, sendo pioneiro em terras brasileiras no trabalho com os sons do Reino Unido, Jungle e Drum N´Bass.

Em 92 Marky da seu pontapé inicial, tocando na lendária Sound Factory uma das primeiras casas de musica eletrônica do Brasil por lá ele era conhecido como DJ Mark Marky e participava do radioshow Sound Factory The Best Party In São Paulo pela Metro FM, era residente e lotava o Club todas as semanas com mais de 2.000 pessoas que iam para curtir ao som do jovem mestre dos toca-discos, então com vinte e poucos anos. Na mesma década, lançou e assinou a primeira compilação de Drum N´Bass/Jungle com a Suburban Base Records (UK). Foi premiado como DJ do ano no Brasil em 95, 96 e 99.

Em 1999 foi eleito pela Folha de São Paulo o melhor DJ do país. O sucesso internacional de Marky está bem documentado e tem refletido de forma impactante na cena brasileira há mais de uma década, pois ele continua sendo o Disc-Jockey com maior evidência do país no segmento. Sua habilidade e técnica têm conquistado fãs pelo mundo e hoje, com sua personalidade e carisma, consegue atrair multidões. Com cobertura intensa no Brasil, Europa, Estados Unidos, Asia, Austrália e República Tcheca, Marky tornou-se uma autoridade nas pistas de todos os países e cidades por onde passou. O DJ fica pelo menos 6 meses do ano em turnê tocando pelo mundo afora.

Seu álbum, Brazilian Job, foi um dos discos de Drum N´Bass mais vendidos e bem sucedidos para a época de seu lançamento. A versão da música Carolina Carol Bela, de Jorge Ben Jor, intitulada LK, ficou em 15º lugar no Top Chart Britânico. Os únicos artistas que chegaram perto desse feito foram Tom Jobim e a banda Sepultura. Marky conseguiu um posto inédito e jamais alcançado até então por um artista brasileiro na parada Inglesa.

Marky vem conquistando o público em geral que ouve outros tipos de música, principalmente aqueles ligados à old school (classic funk & soul dos anos 70 e 80), o que pouca gente sabe, pois Marky é um amante apaixonado e inveterado dos rare grooves & jazz.

Colecionador maníaco por vinil, possui uma das maiores coleções de classics que se tem notícia. Atualmente, ele está na vanguarda dos clubs e da música eletrônica brasileira. Foi DJ residente do Lov.e Club na noite semanal denominada VIBE por quase uma década em São Paulo, com convidados do mais alto nível e peso dentro do DB.

A distribuição do mais recente CD, In Rotation, também em parceria com XRS (Xerxes), foi pela Universal Music, após anos sendo artista exclusivo da TRAMA. Marky deu início à sua nova noite mensal no The-End, em Londres, na segunda metade de 2005, denominada Marky & Friends que leva seus amigos Top Deejays das mais diversas nacionalidades a dividirem os toca-discos com ele tocando os sons que os influenciam e os inspiram em suas vidas, produções e, obviamente, as novas tendências da música eletrônica mundial em primeiríssima mão. Nas noites de Marky & Friends certamente as pessoas irão se surpreender ao ver e ouvir TOP DEEJAYS tocando o verdadeiro Funk, Soul, Jazz e Rare Grooves. O projeto também chega a São Paulo/Brasil, onde Marky assumirá os decks da E-muzik na Vila Olímpia com seus Friends e mensalmente poderá mostrar porque é o melhor do mundo!

DJ Oswaldo MR.Groove

Tudo começou em 1980, criei a Equipe Shock bem conhecida na região onde morava Vila Matilde - Zona Leste, sempre era convidado para tocar em festas como: colégios, aniversários, formaturas e casamentos.
Em 1983, iniciei profissionalmente como Dj Residente na Equipe Squalidus no Antigo Clube Rui Barbosa na Penha, em seguida Love Story, Circulo Militar e Walknight, discotecando sempre os ritmos Garage, House, R&B, Disco, Funk & Soul.
Envolvido com esse universo musical, iniciei como empreendedor em 1987, no meu primeiro negócio, a loja de Discos "Discomania", atendendo as casas noturnas mais badaladas da época, Toco, Vitória Pub, Contra Mão, Massa Rara, Resumo da Ópera, Excalibur, Columbia, Chic Show, Circuit Power entre outras.
Com o grande sucesso passei a viajar mensalmente aos U.S.A & Europa e assim comecei um trabalho como importador de discos.
Em 1989 trabalhei na produção de três programas na Rádio Nova Fm, Lunch Break - mixado ao vivo nos estúdios da rádio, Cesta Básica - divulgava os lançamentos da semana e o Rap Attack - 1 hora só de Hip Hop.
Mais um empreendimento em 1992, investi pesado neste, a "Casa Noturna Show Business", antigo Massa Rara na Penha, que em 1993 reformei e transformei a em Sound Factory, uma das primeiras Casas de música eletrônica do Brasil, foi onde nasceu o Dj Marky conhecido mundialmente e o Dj Julião, neste mesmo ano iniciei alguns trabalhos na Rádio Metrô Fm, com um programa que ia ao ar todos sábados "Sound Factory - The Best Party in São Paulo" este programa chegou a pegar 2º lugar no horário, perdendo somente para a Transcontinental que tinha o 1º lugar no Ibope geral do mês.
Dai pra frente apostei e investi na Sound Factory Pinheiros, Espaço Nation, Sound Factory Tatuapé em todas estas casas atuei como Administrador e Disc Joquei, o que sempre foi um prazer pra mim.
No livro "Todo Dj já Sambou", tem uma pequena passagem de minha trajetória pela Sound Factory.
Em 2001 iniciei um novo projeto, a Mr.Groove Records loja de Discos, Cds e acessórios para Djs, especializada no segmento de Flashbacks dos anos 70, 80 e 90, MPB, Samba Rock, R&B, Disco, Funk e Soul Music, site da loja ( www.mrgroove.com.br )
A Prime Club em Pinheiros que hoje atua como Bobú foi um projeto que eu iniciei em 2003.
Hoje dedico todo meu tempo a Mr.Groove Loja e ao Site que tem como inovação a rádio que está fulltime no ar, produzida por mim mesmo, edições, vinhetas e seleção de repertório. A Mr.Groove realiza festas e apresentações em casas noturnas por todo o Brasil e também oferece locação de equipamentos de Som e Luz.

DJ Paco Flash Traxx

Histórias não faltam para retratar a carreira desse mestre da DJ Oldschool Scene Brasileira (Dancefloor Deejay, Radio DJ, Producer), de família humilde, como muitos dos oldschool deejays tupiniquins, passou a adolescência acompanhando, curtindo e aprendendo a distância com as programações do Fm de São Paulo e do mundo, e obviamente com seus fantásticos maestros por trás dos turntables e programações.

Apenas para citar alguns.: Júlio Mazzei Jr, Tony DJ, Robertinho Amaral, Gregão & Greguinho, Mr Sam, Lyzandro Antônio e outros…

Wagner Lopes mal sabia que em breve estaria lado a lado com alguns daqueles que até então eram suas referências…

O interesse pelas Mixagens e Edições aconteceu no final da década de 70 e alguns anos depois mais exatamente em 1981, Wagner iniciaria sua carreira na Daythona Disco primeiramente fazendo iluminação, para depois chegar aos sonhados toca-discos.

Da Daythona até os dias atuais foram muitas as residências desse genial Deejay.:

Stop Roller, Associação de São Bernardo, Snake Disco Dance, Club Palácio, Stop Club, Vênus, Clube da Aeronáutica, A Ponta Disco Club, Curto Circuito, New Pippers e uma infinidade de Night Clubes como Convidado Especial por todo País.

Em Rádio seu curriculum além de invejável se confunde com o das Dancefloors tamanho o sucesso, desde o inicio Wagner passeou pelo Dial como poucos Top Deejay’s.: Antena 1 Fm, Band FM, Transamérica Fm Rio, Record FM, Nova FM, Manchete FM, Metro FM , Hot 97 e Atualmente na Energia 97 FM.

Com 26 anos de carreira e vivendo intensamente numa década onde os Toca-Discos e Cdjs são considerados instrumentos musicais e principalmente num momento tão vigoroso da cena, em que um jovem pede ao invés de uma guitarra, ! Equipamento de DJ para os pais, Lopes está em sinergia total com a atualidade.

Dono de um site voltado a oldschool aonde pode divulgar seus trabalhos seus Cursos e sua arte (sim, pois faz parte de uma geração que trata o DJ e a cena como arte), Wagner ministra aulas onde a cada dia se formam novos e competentes profissionais como ele.

Nesse curso ensina tudo o que aprendeu nesses 26 anos; Mixagens, Edições especialmente os truques dos super tecnológicos programas dessa nova era

O DJ Paco participa também com suas peripécias no renomado Programa In The Mix no site www.radiodj.com.br e de uma excepcional Rádio On-Line Italiana denominada www.megamix.fm

DJ Peter PC

Pedro Vidal (Pedrão) , Aka Dj Peter Pc .

Desde 1985 , aonde ja era Dj em pequenos eventos . Ate que em 1987 surgiu a primeira oportunidade de trabalhar profissionalmente em um grande Club de Osasco . Dai em diante so adquirindo mais experiencia , passando pelo q se pode dizer a melhor loja e distribuidora de material para djs na epoca a New Images .E consequentemente para a Radio Record (97 FM) onde possuia o New Images by night .
Entrando na cena nas casas noturnas de Sao Paulo ,1991 Allure , ja nesta epoca trabalhei pela primeira vez com dj internacionais Michel Gray(Full Intention) .
Trabalhei fazendo trilhas e e claro tocando nas melhores casas noturnas de Sao Paulo e do mundo . Como Sirena (Maresias ) 5anos como Dj Residente . Florestta (SP) 3 anos como Dj residente Pude desfrutar de uma das melhores epocas da musica electronica em Sao Paulo Aonde toquei com Djs como David Morales , C.J Mackintosh , Jeff Mills ,Tedd Patterson ,John Aquaviva , Derrick May, Funky Green Dogs ,Rui Da Silva , Mark Wilkinson , Phill Asher , Bear ,Dj Dero ,Justin Berkmann, Sonique , Hooligan , Grove Jet , George Morel , Victor Simonelli , Dj Peque, Miguel Migs , Dj Sneak , John Digweed etc.. . Pleasure island (Orlando Florida ) , WMC 1999 Miami
Alem de Cabral (Cidade Jardim ), Cabral (Campos Do Jordao ), Cabral (Guaruja ) Phoeniz (Itaim) ,Phoeniz (Guaruja) .Etc …
Produçao de trilhas e eventos ,Alpargatas , la Perla ,Paco Rabane ,Iodice ,Forum ,Zoomp , VMB MtV Etc …
Ja tive o prazer de trabalhar nas melhores radios de Sao Paulo Record Fm (NovaFM) 97 FM , Joven Pan2 SP e Jovem Pan Sat , Radio Manchete , Metropolitana Fm , Transamerica Fm (Adrenalina , Detonando) .
Depois disto passei 5 anos nos EUA e mais 7 anos Na Espanha sempre envolvido com eventos como Dj ou produtor . Tive a oportunidade de adquirir uma vasta experiencia musical Rock ,Pop , Funk ,Disco ,Boogie , Electro ,House e musica electronica em geral !
De Dj a Produtor foram varias as experiencias mas hj sim estamos colocando tudo para q o publico possa ver por si so .
Vc a partir de agora vai poder desfrutar do melhor house e flashback no projeto Revisited na Mr. Groove Radio .
Este e apenas um resumo de parte do meu curriculo ja q sao 30 anos de pista …

Soundcloud
https://soundcloud.com/peter-pc

Remixes
http://www.traxsource.com/track/1640024/its-so-good-peter-pc-mix

DJ Pixote

Alexandre Patta, conhecido como DJ Pixote, iniciou seu gosto pela musica eletrônica aos 12 anos, influenciado pela programação diária das rádios que tocavam cool, house music e suas vertentes como acid e hip house.

Aos 14 anos iniciou sua trajetória como DJ, quando teve seu primeiro contato com as pick-ups e os discos alternativos e piratas, que circulavam na cena eletrônica na época.
Inicialmente, atuando em festas particulares, logo em seguida tornou-se residente de clubs como Havaí 2000 (6 meses), Petty Music House (14 meses), Kalabouço (10 meses) e Flash Dance Club (Caieiras) (3 anos).

Já conhecido no meio eletrônico, Pixote recebeu vários convites para tocar em Clubs e Raves, como: Warrior, Mansão Fender, Stock News, Freedays, Pop Corn, Rainbow (Caieiras), Atmosphera Club, Millenium (Itaquaquecetuba), Cabral (Tatuapé), Café Curaçao (Guaratuba,PR), Botechno, 8 Bar (Hall Z), Tostex (Whatever), Susi In Transe, Lov.e (Technova e Substância), Projeto H2o, Vip, Descolada, FreeFall, Space Science, Sonora ,West Side , React Music dentre muitos outros.

Tocou ao lado de importante DJs, como: Rogerio Animal, Renato Lopes, Grace Kelly Dum, Ricardo Guedes, Oswaldo Moby Dick , Mau Mau, Daniel Um, Luis Paretto, Mimi, Kleber Barry, Mr Gil, Jac Junior, Bruno Gouvea, Julião, Ramilson Maia, Ronald, Alex Um, George Actv, Reba, Mazzur, Lika Marques e muitos outros DJs que fizeram e fazem a história da música eletrônica em SP.

Desde 2001, possui os projetos Trancados no Garage e The Guetto in the Groove, realizando trimestralmente festas na Zona Leste, procurando através destes projetos trazer o conhecimento da e-music para a COHAB Cidade Tiradentes.

O projeto Trancados No Garage tem como destaque os clássicos dos anos 90, enquanto que o The Guetto In The Groove mostra a house music conceito da atualidade.

Com um enorme conhecimento musical, adquirido nesses anos de experiência, DJ Pixote apresenta em seus sets, além de excelente técnica e grande carisma, um repertório que viaja entre as várias vertentes da House Music, do funky , Jackin

DJ Ramilson Maia

Conhecido pelo mega sucesso ‘Tem que Valer’ do Kaleidoscópio e também por seus eletrizantes remixes de Daniela Mercury, Roberto Carlos, ‘Filtro Solar’ com Pedro Bial, Vanessa da Mata entre outros, continua agitando as pistas no Brasil e no mundo.

2008 - Após recente tour por países como Chile, Japão, Ucrânia, Itália, Portugal, França, Reino Unido, Rússia, República Checa, Espanha e Áustria, Ramilson fez no Brasil um incrível início da temporada 2008. A começar discotecando na agitadíssima festa da Top Model Fernanda Motta (Victoria Secret) e logo após marcando presença no Café de La Musique em Florianópolis – “Pólo de glamour e embaixada informal de São Paulo”- Veja São Paulo – como residente desde o Reveillon até o Carnaval, quando partiu para a Bahia para figurar o trio elétrico de Daniela Mercury.

Ramilson é parte da Liga do DJs do Portal Limão/Coolnex e também compõe o corpo docente no primeiro curso técnico universitário de DJ e Produção Musical em São Paulo, na Universidade Anhembi-Morumbi.

DJ Robertinho Gallery

Começou sua carreira como DJ em 1972 na Boite New Ton Ton, depois foi convidado para ser programador musical da Radio Panamericana ( Joven Pan ) na qual foi sua primeira experiencia em radio, passou tambem pela Pool Fm !!!!
Sempre trabalhou nas casas mais conceituadas de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e New York entre elas !!!!

New Ton Ton - São Paulo
Hippopotamus - São Paulo / Rio de Janeiro / Bahia
Papagaio Disco Club - São Paulo / Rio de Janeiro
Victória Pub - São Paulo
Club Gallery - São Paulo
Resumo da Ópera - São Paulo
Limelight - Sao Paulo
Pool Music Hall - São Paulo
Moinho Santo Antonio - São Paulo
Club A - New York-USA
Rádio Jovem Pan - Programador e Supervisor do programa Ritmo da Noite
Pool FM
Divulgador da Time Warner
Chácara Santa Cecilia ( Banco de Eventos )

Na Papagaio Disco Club fez as aberturas para nada mais nada menos que Andrea True Connection e Chic e no Club Gallery fez abertura para o maestro Barry White e a sua Love Unlimited Orchestra !!!!

DJ Silvana Garzaro

Posso me considerar uma aprendiz de DJ, desde de 2002, quando saí da revista Isto É Gente, e um pouco descontente com a profissão, peguei o dinheiro da minha rescisão e comprei dois CDJ, um mixer, um amplificador e duas caixas.

E junto com meu amigo Edwin Paladino, hoje mais conhecido como Leiloca Pantoja, começamos a tocar festas particulares, de lá pra cá, tenho conciliado a fotografia e a música, tocando em diversos lugares como o clube ALoca, Vegas, e em festas como Hérnia de Disco no Bar Volt e KiriDJinha no D.Edge, entre outras.

Sou uma pessoa bastante eclética, mas minha preferência sempre foi pela Disco, Disco Funk e House Music.

DJ Silvio Muller

Atento as programações de rádio (Difusora / Mundial / Excelsior) que misturavam do Rock ao Soul no final dos anos 70, foi influenciado por grandes mestres da música como: Frank Zappa, James Brown, Kraftwerk, Bob Marley, Pink Floyd e Woodstoock Festival e toda geração Funk , Soul , Disco e Rock. .
• Em 78 já se destacava atuando em várias pistas do interior , principalmente em Sorocaba no Clube Scarpa onde praticava esportes e onde passara boa parte de sua infância alem de já iniciar interesse pela magia dos toca discos logo já estava auxiliando seu Clube em eventos de nostalgia com Ibrahim Alux proprietário do “Som Tape Alux”, grande amigo e incentivador.
No inicio dos anos 80 fui convidado por Tony Lovato (FM Disco Show) que na época tinha sociedade com Machado (DJ e empresário da noite paulistana , baiano e residente em São Paulo desde os anos 70 onde foi DJ do “Medieval” boate badalada da paulicéia). Tony presenciou uma noite na disco “Zarabatana” em Sorocaba onde eu era residente e também fazendo programação de radio na Cacique FM me levou até São Paulo onde conheci Machado e participando de vários eventos, começando pelo Clube Costa Azul e SAE (Sociedade Amigos de Interlagos) e outros em vários bairros e cidades da grande São Paulo.
Machado era principal fornecedor de musicas para as principais rádios e casas noturnas, sendo assim logo me mudei para SP onde rapidamente já estava entre os melhores profissionais do meio artístico e de gravadoras.
Em 84, foi convidado por Julio Mazzei (um dos mestres do FM no Brasil para mixagens ao vivo na Rádio Pool FM (emissora que reuniu grandes DJ´s no começo dos anos 80), tendo seu primeiro contato com grandes profissionais como Tutinha (JP) , Eraldo Zane , Paulo Filgueiras, entre outros, e com o DJ Grego que se tornou parceiro nos primeiros remixes,, compilações e megamixes produzidos no Brasil, abrindo as portas para as primeiras produções nacionais, onde juntos iniciaram o primeiro selo independente criado por DJ’s chamado: 12” for DJ’s” e também uma das primeiras escolas e loja para DJs a “Rock & Soul”.
Hoje como DJ e Produtor Musical e Cultural cria, divulga e vende seus projetos multimídia totalmente independentes, ministra cursos em oficinas culturais para DJ´s (básico e avançado), incluindo utilização de equipamentos, técnicas de mixagens, performance e produção musical, utilizando métodos de edição digital, apresenta-se ao vivo para divulgação de seus trabalhos ou em eventos diversos em vários paises.
Meu projeto mais recente assinando como “DJ Dumato” visa a inversão de valores utilizando a arte de mixar com causas engajadas a conservação das culturas tradicionais e meio ambiente ao redor do mundo e conto com Estúdio para Produção multimídia Clips , CDs , DVDs e Internet.__________________________Radios
Radio Cacique FM de Sorocaba
(Programação Musical & Edições Analógicas, Fitas E Cartuchos)
Pool Fm (SP) (Programas Mixados / Remixes)
Radio Jovem Pan FM (SP) (Programas Mixados)
Radio Antena 1 FM (SP) (Programas Mixados)
Radio Cidade FM (Programas Mixados)
Radio Bandeirantes FM (Programas Mixados / Edições / Remixes)
Radio Manchete FM (SP) Radio Cruzeiro FM / Vanguarda FM Sorocaba
__________________Remixes
Paralamas Do Sucesso – Óculos / Meu Erro (Pool Fm) / Camisa De Venus – Joana D’arc / É Hoje (Rge) / Kiko Zambianchi - Choque (Pool Fm) / Ultrage A Rigor – Rebelde Sem Causa (Pool Fm) / Narada M. Walden – Gimme Gimme (Pool Fm) / Carbono 14 – Parece Mas Não É (Rge) / Cívil – Não Há Tempo A Perder (Rge) / 14 Andar – O Que Nós Sabemos (Rge) / Suzan – Agora Eu Sei (Rge) / Álvaro – Caminhos (Rge) / Tim Maia – Do Leme Ao Pontal / Don’t You Know (Band Fm) / Frankie Goes To Hollywood – Relax (Pool Fm) / 101 – Just A Long As I Got You (Bullet) / Cutty Ranks – The Stopper (Bullet) / Dominó – Ela Não Gosta De Mim / Jura (Cbs)* / Rpm – Olhar 43 (Cbs)* / Ricthie – Telenotícias (Cbs)* / Léo Jaime – Mensagem De Amor (Cbs)* / Elba Ramalho – Boca Do Balão (Polygram)* / Claudio Zolli – Livre Pra Viver (Cbs)* / Barão Vermelho – Pense Dance Pense (Wea)* / Gilberto Gil – Eterno Deus Mudança (Wea)* / Jorge Bem Jor – Norma Jean (Wea)* / Kid Abelha – Eu Não Sei (Wea)* / Luni – Projeto De Lei (Wea)* / Mulheres Negras – Sub (Wea)* / Tania Alves – Requebra (Cbs)* / Fausto Fawcet – Cicciolina (Wea)* / Rotnitxe – Reggae Da Polícia (Wea)* / Paulo Ricardo – A Um Passo Da Eternidade (Cbs)* / Chiclete Com Banana – Poeira La La La (Continental)* / Alphatek - It’ Time To Pump ( New Music )* / Skank – Baixada News (Sony Music)* / Ed Motta – Fora Da Lei ( Universal) / Racionais Mc’s – Pânico Na Zona Sul ( Zimbabwe) / Muamba – Fora Da Lei (Virgin) / So.2 – Paranauê 2000 ( Ssg / Dance Pool / Sony Music) / Lovecity – What I Say ( Sounds So Good) / Jhonny – Jogo De Espelhos (Ouver) / Tom Soares A Batida Perfeita (Bni) / 13 Volts – Grooveria 13 Volts (Bni)
________________________Megamixes
A-Ha (Wea)* / Simply Red (Wea)* / Queen (Emi)* / Kurtis Blow (Band Fm) / Beto Barbosa (Continental)* / Lambada Louca (Continental) / Bruno E Marrone / Funk Rio Big Megamix Oh Mané!!!
_______________________Produções Independentes
Tony B. (Trucks /Records)* / Beats & Breaks Ol.1,2 (12” For Dj’s)* / Dj Construction (Kaskatas)* / Nikky / Tony Bizarro (BR3) (12”For Dj’s)* / Speed Racer (Natasha)* / Lambada In House (Continental)* / The Best Dj’s For Dance Construction (12” For Dj’s) / Guedes & The Sindicate (Bullet) / Kiko (Paradox) / Love City / X4 / For a do Crime / Carlos Madia / 13 Volts / Tom Soares / Cassiano Moraes
_______________Coletâneas
Dance Mix Vol 1 , 2 E 3 / Remixou Dançou / Nova Fm Record / Reggae Night (Bullet) Contra Mão (Bullet) / The Best Dj’s In Town / Aerobic Dance (Wea)* / Aerodance (Bmg) / Arena Dance Hall (House Records) / New Music Dance Remixes (New Music)* / Bombando (Skyblue) / EBM (Eletronic Balls Music) / * C/ Dj Grego E Convidados
______________________Projetos Especiais
Duck J – Duck Dance (SP) / Galo Bissexual (Funk Do Colorau)(SO)
Hino De Divinópoilis (Grupo Virgilio Mais Nóis)(MG) / “A Paz” Tributo A Florianópolis 2007
(Caime RM)(SC) / Coral das Mulheres Negras (SO) / Banda Cataia (ilha do Cardoso)
_____________Casas Noturnas / _______Equipes / ___ Clubes
79 Zarabatana / 80 Vahalla / 81 Fm Disco Show / 82 Big Apple / 83 Tífon / 84 Raio Laser / 85 Corintho / 86 Malicía / Area / 87 Hunter’s / Moustache / 88 Rosebombom / Skinatriplex / 89 Up & Down / 90 Lofty / Graffiti / 91 Aeroanta /92 Reggae Night / 93 Aeoranta (Guarujá) / 94 Aeroanta / 95 Aeroanta / 96 / 97 / 98 - Tour Brasil / Chile / Miami / Londres
99 / 2000 / 01 / 02 / 03 / 04 / 05 / 06 / 07 / 08 / 09 - Produções Independentes / Remixes.
Estúdio / Live Performance / Eventos / Cursos e Workshops 2008
Cidades – São Paulo , rio de Janerio , Petrópolis, Sorocaba, Registro ,Iporanga, Itapetininga , Tatuí , Itu , Iporanga , São Bernardo , Santo André , São Caetano , Americana , Porto Alegre , São Lourenço , Santos , Guarujá , Caraguatatuba , Angra Dos Reis, Divinópolis , Pará de Minas , Belo Horizonte , Petrópolis , Florianópolis , Garopaba, Salvador , etc.
Destaque No 1º Livro Com A Historia Dos Dj´S “Todo Dj Já Sambou” (Claudia Assef)

GIAMMUSSO

Considerado um dos pioneiros da cultura eletrônica e underground de Ribeirão Preto, com sets que variam da house ao Techno, mesclado com breaks e clássicos.
Aos sete anos de idade, teve contato com o break dance, movimento que estava em alta na época. No início dos anos 90 já residindo em Ribeirão Preto, começou a gravar suas primeiras fitas, no qual já dava indí­cio de que iria se tornar DJ, sempre levava suas fitas e discos nas festas de amigos, cujo destaque ficava por conta do repertório diferenciado. Influenciado pelo hip-hop, rock, new wave e techno pop, e também pelos grandes nomes da época, tais como Public Enemy, Run DMC, Inner City, New Order e Depeche Mode.
Em 1993, GIAMMUSSO, começou a se familiarizar com o movimento underground, nesse ano acontecia no Brasil a primeira Rave com sentido profissional (L&M Music), na qual, em seu line up, trouxe nomes como Moby, Altern 8, Soul Slinger, Mark Kamins e Mau Mau. Nessa época, conheceu o trabalho do DJ Marquinhos MS (in memorian), que tocou em um programa de rádio e na primeira festa de música eletrônica na cidade (Projeto Rave, na extinta ZOOM). Frequentou o Cavern Club, primeiro clube underground de Ribeirão Preto, na qual conheceu os grandes nomes da época, como: CJ Bolland, Jay Dee e Liquid que faziam parte do repertório dos DJs. Estava sempre por dentro do que acontecia naquele momento em que o underground estava ficando forte no Brasil, pesquisava sobre o assunto sempre através de jornais, revistas e outras fontes. Em 1994, na Difusora FM, entrou no ar o programa HANGAR 91, um programa segmentado que informava a respeito da cultura underground, sem dúvida esse programa o influenciou muito em sua carreira. Em 1996, com o inicio da segmentação na cena, GIAMMUSSO se dedica a house e ao techno, também influenciado pelo cd do Hell's Club, mixado pelo DJ Mau Mau. Em 2000, após esses anos todos adquirindo conhecimento e material Douglas foi convidado para tocar no Projeto Movin' (no clube Delight (Sertãozinho/SP), em duas edições do Mercado Mundo Mix, e no Projeto Electronic Music (do extinto Mariah) a partir daí­ se tornou um profissional reconhecido entre amigos e ao público. Também participou, junto com outros DJs renomados da cidade, do programa Tchambers (da EPTV, TV local), cuja o assunto era sobre DJs e night clubs. Em 2001 foi residente do extinto clube Wonderland, momento que considera importante no aspecto de adquirir experiência e técnica. De lá para cá, tocou em diversos eventos de sua cidade, (Mega Fusion, festa que juntou os dois maiores núcleos de festas da cidade, a Energy e a Millennium) e também em festas realizadas em São Paulo, Uberaba e Rio de Janeiro. GIAMMUSSO também tocou em clubs importantes da capital paulista como o lov.e club e o susi in transe. Realizou os eventos: techfriends, tortured, circulation, hertz e-music, system!, up! e dirty. Sempre dividindo os decks com grandes nomes da cena, como Vince Watson (Escócia), Ingrid, Dabolina, Marcio S, Augusto Mystical, Limão, Renato Cohen, Julio Torres, Erick Caramelo, Philip Braustein, Gabo, Tonto, Alvinho Noise, Paula, Patife, Ronald, Ton, Kammy, George ACTV, Anhanguera, entre outros. Durante sets anos foi residente do Incasa Club em Uberaba-MG.
Em 2015, GIAMMUSSO retorna a capital paulista, onde vem se apresentando em alguns núcleos de festas, eventos a clubs, tais como: Collective Dee Jays, Urban Beats, Electronic Beats, Level Low, Groove Me, Revel E-Music, Pax, Canal DJ.
Como produtor, tem alguns trabalhos lançados em colaboração com Jacks Menec pelos selos, Primitive State dos djs e produtores Anders e Flavio Togni (X-707) e Global Techno Movement do DJ Gonçalo M (Portugal).
Também realiza a festa Circulation, onde é um dos fundadores do evento lado do amigo e DJ, John Maldini!
Atualmente é o vendedor na MR. GROOVE RECORDS!

www.mixcloud.com/douglasgiammusso

Notícias